ERA UMA VEZ EU, VERONIKA

Esse filme de Marcelo Gomes é produção de 2012 mas eu só vi hoje numa sessão CineConhecimento do canal Futura. Tinha uma curiosidade grande por esse filme mas não tinha tido oportunidade antes. Me recordo de uma notícia que li dizendo que Marcelo ia adaptar a novela de Paulo Coelho, “Veronika decide morrer”, mas depois todas as notícias não se referiam nada ao trabalho de Paulo Coelho. E certo que o filme de Marcelo Gomes não é uma adaptação da obra de Paulo mas que foi inspirado nele não tem como se negar. Nos créditos porém não há nenhuma referência ao escritor. O roteiro é dado como a direção do cineasta pernambucano. O que é importante porém é o seguinte: vi hoje um excelente filme e considerando toda a sua estrutura. Ótimo como cinema pernambucano e como se inclui na vida da cidade do Recife. E bom como os personagens misturam as suas maneiras de viver. Hermila Guedes sem dúvida excelente como a médica do SUS e seu envolvimento com os pacientes. Também excelente intérprete o ator paraibano W. J. Solha (que eu conheço quando ele produziu um filme paraibano há muitos anos atrás). O roteiro musical com a presença dos LPs do pai de Veronika valoriza e insufla um ar sentimental na obra mas sem nostalgia melosa. Foi criada pela cantora / compositora Karina Bhur. Um filme como “Era uma vez eu, Veronika” não teve todo o sucesso que mereceria ter tido , pois é um ótimo trabalho do cineasta Marcelo Gomes. É uma produção pequena no sentido cinematográfico mas com grande força de criatividade. Como linguagem . E como expressão da cultura pernambucana.

Olinda        7.11.2016

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, OLINDA, BAIRRO NOVO, Homem, Portuguese, French, Cinema e vídeo, Arte e cultura
Outro -